Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > IEAv apresenta seus projetos para os futuros Especialistas em Análise do Ambiente Eletromagnético da FAB
Início do conteúdo da página

 

 

 

            A implantação do Programa de Fortalecimento do Controle do Espaço Aéreo (PFCEAB) gerou demandas na área de Aplicações Operacionais (Guerra Eletrônica, Análise Operacional, Comando e Controle e Sistemas de Armas). Para atender a estas demandas, se fez necessário o estabelecimento de uma linha de ação sistêmica para a área de Guerra Eletrônica, por meio da criação, em 1996, do Sistema de Guerra Eletrônica da Aeronáutica (SIGEA). Este sistema tem por finalidade efetuar o planejamento, a coordenação e o controle das atividades de Guerra Eletrônica no âmbito do Comando da Aeronáutica.

            A execução das atividades do SIGEA demandou a formação de competências, e para atender a esta demanda foi criado o Programa de Busca de Excelência, amadurecido por meio da cooperação entre o Comando-Geral de Operações Aéreas - COMGAR, órgão central do SIGEA, e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica - ITA, órgão de reconhecida competência na formação de recursos humanos para o setor aeroespacial. Uma das primeiras iniciativas deste Programa foi a criação, no ITA, do Curso de Especialização em Análise de Ambiente Eletromagnético - CEAAE, por intermédio da Portaria nº 304/GM3, de 07 de maio de 1998.

            O CEAAE tem por finalidade a formação de especialistas capacitados a analisar a metodologia e a tecnologia empregadas na interação de equipamentos e sistemas com o ambiente eletromagnético (Guerra Eletrônica). Foram estes futuros especialistas que, no dia 10 de julho, o IEAv teve o prazer de receber para apresentar os seus projetos e potencialidades em diferentes áreas, tudo com o objetivo de gerar assimetria de poder aeroespacial. A comitiva era composta de oficiais da FAB dos diversos quadros e tinha a intenção de conhecer um pouco mais sobre as atividades de pesquisas desenvolvidas em nosso Instituto.

            Durante todo o tempo que permaneceram no IEAv, puderam receber uma explanação do Diretor do Instituto de forma a conhecerem, de forma geral, as atuais pesquisas desenvolvidas e os produtos aqui criados e implementados na FAB e demais Forças Armadas. Ainda, puderam interagir com os pesquisadores e conhecer, in loco, os produtos desenvolvidos.

Segundo o Cel Av Lester de Abreu Faria, Diretor do IEAv, “receber material humano tão qualificado em nosso instituto e poder passar para eles alguma coisa do que desenvolvemos aqui, para nós é mais do que um prazer, é uma oportunidade ímpar de multiplicar nosso trabalho, nossa competência e ainda, mostrar a eles o potencial que o IEAv tem para a solução de problemas reais da Força Aérea, com os quais, certamente, eles vão conviver ao retornarem para seus esquadrões de voo”.

Fim do conteúdo da página