Apresentação

Data: 28 a 30 de Outubro de 2009
Local: Parque Tecnológico da UNIVAP
Cidade: São José dos Campos, SP

O Brasil tem sofrido considerável embargo comercial de componentes eletrônicos e de outros materiais de uso espacial, o que provoca atrasos no desenvolvimento de projetos de interesse nacional.
Neste contexto, o IEAv gerencia um projeto de pesquisa financiado pela FINEP, denominado PEICE, voltado para o desenvolvimento de uma plataforma para o estudo dos efeitos da radiação ionizante em diversos tipos de componentes e dispositivos. Um dos objetivos desse projeto é a realização de dois Workshops para discutir as questões dos efeitos das radiações e a relevância de se criar uma rede de pesquisa voltada para atender as necessidades brasileiras numa das principais áreas estratégicas para o País: a área espacial.
O primeiro Workshop com quatro dias de duração ocorreu em Outubro de 2008 e constou de um curso de três dias, e reuniões de trabalho que incluíram discussões com pesquisadores de instituições de pesquisa do Brasil (INPE, ITA, UFRGS e IEAv), além de representantes da iniciativa privada diretamente interessados no assunto. As questões relacionadas ao embargo comercial foram amplamente discutidas. Houve indicação de tipos de ensaios que seriam de interesse para a iniciativa privada e que não foram previstos na época de proposição do projeto PEICE.
A seguir, IEAv promoveu reuniões adicionais com entidades interessadas, principalmente entre o INPE e o CTI, através de sua Design House (DH-CTI), visando encontrar as condições para a criação de uma proposta de rede de pesquisa para o desenvolvimento de circuitos analógicos, digitais e mixed-mode resistentes à radiação, cujo estudo foi encomendado pelo MCT à DH-CTI. Esse estudo, além de fomentar a pesquisa e a capacitação em projeto e qualificação de CIs robustos à radiação no Brasil, tem como objetivo prático e comercial, em parceria com o INPE, o desenvolvimento de ASICs e FPGAs a serem utilizados no programa de satélites nacional.
O Segundo Workshop, a ser realizado de 28 a 30 de outubro de 2009, visa ampliar as discussões iniciadas anteriormente, para a identificação de necessidades específicas da Iniciativa Privada, das Instituições de pesquisa e das Agências governamentais envolvidas com o Programa Espacial Brasileiro, a fim de criar novos projetos voltados para atender demandas de prazo mais curto. Além disso, visa também discutir mais aprofundadamente a importância de uma rede de pesquisa para o desenvolvimento de componentes resistentes à radiação.

 
 
Apoio
FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos
Ministério da Ciência e Tecnologia
IEAv - Instituto de Estudos Avançados
Instituto de Estudos Avançados
 
Equatorial Sistemas S.A.